MAU TEMPO: RISCO DE CHEIA TOTAL DAS ZONAS RIBEIRINHAS DO CONCELHO DE SOURE (ALERTA VERMELHO)

A qualquer altura, nas próximas horas, pode ocorrer a situação de cheia total, nas zonas ribeirinhas do concelho de Soure, incluindo a baixa da vila, devido ao aumento do caudal do Rio Mondego, que por sua vez, impede o escoamento normal das águas dos seus afluentes, como são os casos dos Rios Anços e Arunca. Em declarações ao nosso jornal, às 14H30, Mário Jorge Nunes, presidente da Câmara Municipal de Soure, que tem estado a acompanhar a situação de perto, adiantava que já se encontram cortadas as ligações S. José do Pinheiro/ Fuzeiros, passagem inferior do Sobral de Baixo e a ligação Quinta dos Netos/Simões. Existe também uma enorme probabilidade das águas do rio Arunca transbordarem, devido ao efeito de regolfo do rio Mondego e eventualmente provocarem inundações nas zonas ribeirinhas de Simões, Sobral, Soure e Vila Nova de Anços, Figueiró do Campo (Casal do Marachão e Granja do Ulmeiro. São zonas, portanto, que os automobilistas devem evitar. Se reside nas zonas ribeirinhas do concelho de Soure, incluindo a baixa da vila, salvaguarde os seus bens, para não ser surpreendido.

 Soure-2[1]